Projeto fotográfico JULHO

Heeey amigos! Quase no final do mês, mas finalmente consigo postar minhas fotos para o projeto. Sorry!

Enfim, o tema escolhido pela querida Grazy do blog Parolar foi… INVERNO!

Então, chega de papo e vamos às fotos:

1 – Capuccino

Uma das poucas coisas que me animam no frio é tomar capuccino. Esse era de brigadeiro, mega suculento, não ficou muito doce nem enjoativo. Quentinho, bom para esquentar.

cell 001

2 – Neblina

A foto já diz que estamos no inverno por si só. Essa é a vista da passarela que artavesso na estrada para o trabalho

cell 177

3 – Look de inverno

Montei um lookinho que sempre amei usar no inverno. Quem curte?

velho chico 012

4 – Comer

Muito gulosa. Mas é impossível falar em inverno sem falar em comida. Um macarrãozinho quentinho feito pela minha dinda. Hmmm

velho chico 018

5 – Vinho

Claro, para acompanhar o o macarrão, nada como um bom vinho e um bom brinde.

velho chico 019

6 – Companheiro de inverno

Da série “se rir vai pro inferno”. Mas é só virar o tempo que o nariz entope, e a necessidade do remedinho se torna maior. Por essas e outras que não curto o clima.

img_5957

 

Nota: Queria postar uma foto de Festa Junina, mas não consegui fazer nenhuma legal. Afinal, é essa a melhor parte da estação, melhor festa da vida <3

 

Mas diz aí, qual foto mais gostou? Aceito dicas e críticas construtivas 😉

Um beijo grande no coração!

postagem-coletiva

Hoje é dia do escritor, bebê <3

Oláá amigos! Hoje é dia do escritor! Hoje é meu dia, que dia mais feliz 😀

dia do escritor

Acho que já falei em milhões de posts a minha alegria de escrever. Sei que já ficou chato, clichê e ninguém aguenta mais ouvir. Só que é muuuita verdade rs.

Sempre falei que a maior alegria de ser escritora é saber que, de alguma forma, estou mudando alna vida de alguém, que alguma coisinha que escrevi fez sentido e foi importante pra quem leu.

Recentemente estava estudando Teoria da Literatura para uma prova e por várias vezes li coisas do gênero:

” (…) um espectador/leitor possa sentir-se mobilizado quando se identifica com as experiência tristes ou angustiantes do herói ou mesmo com as conquistas e vitórias do personagem, seja porque ele as experimenta também ou porque se sente liberto de tais problemas (…)”

Laura da Silveira Paula – Teoria da Literatura (livro da faculdade)

E cada vez mais lia sobre a importância e necessidade da arte na formação do ser humano e a Literatura como parte dela, mas me sentia contente e certa de que estou no caminho certo e fazendo realmente algo gratificante.

Em um ano de carreira conquistei leitores fieis, meninas lindas que se identificaram com a história e pedem mais. Mulheres adultas que viajaram no tempo e lembraram de acontecimentos de seu passado.

DSC06835
Eu e minha musa inspiradora <3

Fiz um post falando Como me inspiro?  ano passado. Hoje, digo que o que me inspira é ver o resultado. É ver os olhinhos das meninas para a história, receber um recadinho fofo dizendo o quanto gostou. Chego a ser até egoísta dizendo que é ver a tristeza de quem quis comprar mas não teve como. É ver pessoas recomendando, emprestando aos demais, comentando cada detalhe.

O retorno me inspira, me motiva, me faz querer continuar.

Afinal, todos nós passamos por problemas, buscamos soluções e, às vezes as encontramos em histórias, em frases, filmes, músicas. Achamos graça e pensamos que foi feita pra nós mesmos.

Sou muito grata pelo dom de escrever, por poder fazer da vida das pessoas mais colorida, alegre, feliz, dar uma luz aos seus problemas (sério gente, uma menina fofa falou isso e está documentado no meu vlog da FLIR – Feira do livro em Resende (vídeo no canal!!!!)

Agradeço a todos os escritores que me ajudaram, que sem me conhecer participaram da minha formação.

A JK Rowling que me deu a maior alegria da minha adolescência.

À Thalita Rebouças que me motivou a escrever, me fez rir e chorar com suas histórias

Ao Pedro Bandeira que também fez da minha adolescência mais feliz.

À Patrícia Barboza que já até me deu dicas para a carreira

À Tammy Luciano pelas belas histórias e as diquinhas em seu canal

À Meg Cabot por me fazer sentir em casa com O Diário da Princesa

À Carol Sabar pela amizade e força para eu seguir em frente

E à tantos outros que fazem parte da minha vida…

Ser escritor não é ter concorrente, é se sentir parceiro dos demais, um dar força ao outro, torcer pelo sucesso e acreditar que se eu consigo, você também pode (homenagem especial à Thalita, Tammy, Patrícia e Carol que, direta ou indiretamente passaram isso pra mim). Sei que existem escritores que se acham melhores, mas a gente ignora e fica com a maioria amiga.

flir17 062

Obrigada você que leu esse texto até o final. Comente Bailarina se chegou até aqui e dê um VIVA aos nossos escritores preferidos!!

Grande abraços aos leitores, à você que ainda lerá meu livro, que me dá força e à você que também é escritor (parabeeeeens!!) e/ou que sonha em ser.

 

 

TAG – Versatile Blogger Award

Olá! Fui indicada para a TAG Versatile Blogger Award pela fooofa da Lully do blog Nada Sensata.

 

Adooooro responder a essas TAGs <3 Vamos às regrinhas então:

1- Agradecer e mencionar o blog da pessoa que lhe indicou o prêmio;
2- Selecionar 15 blogs pra também receberem o prêmio;
3- Contar pra quem te indicou 7 coisas sobre si.

7 coisinhas sobre mim:

  1. Adoooro ler de noite, antes de dormir, enrolada no edredom quando está frio.
  2. Detesto café, mas amo os derivados, como capuccino, café com leite…
  3. Sou suuuper chata para comer, não gosto de legumes e pouquíssimas frutas. Mas tomo o suco de todas elas praticamente.
  4. Cada dia que passo fico na vibe mais minimalista, quanto mais arrumo meu quarto, mais coisas tiro de lá
  5. Não tenho nenhuma vontade de conhecer Nova York.
  6. Adoro axé. Festa sem axé não é festa rs.
  7. Tenho milhões de ideias e uma dificuldade absurda de colocá-las em prática.

E essas foram minhas 7 curiosidades.

Amigas para fazer a TAG também?

Simone Benvindo | Fernanda Otoni | Vanessa Pérola | Julia Rolim | Jessica Trindade | Bia Silva | Paloma Silva | Joy Coutinho | Tainá Valadares | Xandy, Xandy | Vivi Metaluin |Bia Perez | Cecilia | Isabelle Lima

 

Espero que gostem e estou curiosa para ver as respostas de vocês 😉

Beijo grande no coraççao

 

 

Vlog – Bagatela Feira independente em Volta Redonda – RJ

Olá! No Vídeo de hoje mostro para vocês como foi a 1ª edição da Bagatela, uma feira independente aqui na minha região, em Volta Redonda.

bagatela-feira-independente-dia-1507-3497
Contou com artesanato, decoração, culinária vegana e roupas (brechós e fabricação próprias). E tudo feito com muuuuito carinho por artistas lindos e talentosos.

Foi uma manhã MARAVILHOSA. Muita gente legal, carinhosa, talentosíssima, educada e cheia de amor pelo trabalho <3

Querem ver? Confiram o vídeo:

E Setembro tem a segunda edição…

Expositores da Bagatela

sóTEARte – Tapeçaria

Owl acessórios

WWW.owlacessorios.com.br

Fulô by Seoane – Acessórios e utilitários

Aline Pavão – Arte em biscuit

Insta: @alinepavao27

Condrita

Condrita.com.br

Signo de Terra

WWW.signodeterra.com.br

Trescalo – Memórias perfumadas

Insta; @trescalo

Sr.  Chocs

Insta: @srchocsstore

WWW.srchocstore.com

Dona Boleira

FaceBook: @donnaboleira

All Vegan – Culinária Vegetariana

FaceBook: @allvegan

Coala Crochet

Insta: @coalacrochet

Bordô

Insta: @usebordo

www.usebordo.com.br

Moa Atelier

Insta: @mostelier17

WWW.moatelier.com.br

DaLuz – Arte e estampa

FaceBook: DaLuz

Suco de nuvem

Insta: @sucodenuvem

Querido Closet

@queridoclosetonline

Esses foram os que recebi cartão de visita, mas com certeza tem muuuuuito mais <3

Um beijo grande no coração!!

Dia do rock com playlist, bebê

Yeaaah!! Hoje é dia do rock!Quem me acompanha desde o ano passado, deve ter lido meu post Dia de rock, bebê!! onde contei minha história com esse estilo musical.

You ROCK! Créditos na imagem

 

Hoje trago para vocês uma playlist pessoal, que fez parte da minha história, da Trilha sonora da minha vida (outro post meu!):

 

Primeiros erros – Capital Inicial

Essa música pode-se dizer que marcou minha entrada com o rock. Foi naquela época que tive a desilusão amorosa, em 2001, que o CD Acústico MTV estourou e essa canção fez um sucessão por aqui. E foi assim que comecei a gostar mesmo de rock. E foi seguido por It´s My Life, do Bon Jov.

Linkin Park – Numb

Adoraaava essa banda, e essa minha música preferida deles. In the end gostava muito também, mas faz lembrar um namoradinho mala que tive HEHE. Me sentia a rockeira punk só porque ouvia LP.

CPM22 – Chegou a hora de recomeçar (Álbum completo)

Coloquei o álbum completo por ouvia até cansar, o CD acabava e voltava tudo de novo. Berrava as músicas e duas dele fazem parte da playlist do Meu primeiro livro 😉

U2 – The sweetest Thing

Minha banda gringa preferida, talvez a única que ame absurdamente. Essa música não é um rock pesadão, mas eu sempre escolho ela para representar minha paixão por U2, pois foi a primeira que ouvi.

Evanescense – Fallen

Mais um álbum completo que ficava agarrado no meu rádio. Que voz aquela mulher tem! E os arranjos? Letras meio melodramáticas, mas na época eu nem dava crédito para isso rs.

Detonautas – O Dia que não terminou

Essa música até dá um nó na garganta. Conheci na minha época de vestibular e descrevia tudo que e minhas amigas estávamos passando. Impossível não ficar marcada.

Pitty – Semana que vem

Estava eu no terceiro ano, e minha diva do rock surge. Lembro que escrevi na agenda gigantesco que era FÃ DA PITTY. Amava aquele CD, e Semana que vem era minha preferida. Pena que ela deu uma sumida por um tempo, mas ainda bem que voltou agora com Agridoce

Engenheiros do Hawaii – Acústico MTV

Esse álbum marca a minha entrada para o rock mais levezinho, que foi o que realmente ficou no meu coração. Letras inteligentíssimas, até demais, uma voz incrível, arranjos perfeitos e um show maravilhoso. Um dos melhores que já fui.

Biquini Cavadão – Timidez

OK, é praticamente tooodas as músicas, e o álbum Ao Vivo, mas essa é a que mais gosto e a que mais ouvia, então fica essa mesma 😉

Los Hermanos – O Vencedor

Minha banda preferida da vida! Conheci aos 12 anos com Ana Júlia, mas não tive amor a primeira vista. Achava legal, principalmente Primavera e Lágrimas Sofridas, e era isso rs. Já maiorzinha que fui pegando o gosto, eles já não estavam na vibe rock pesado, arriscando com uma mistura de MPB e até um sambinha, mas essa música ganhou meu coração.

Fonte: Photoscape Brushes

E essas foram as músicas que me marcaram no rock. Tiveram outras siiim, mas foi coisa de momento.

Claaaaro que foram surgindo outras bandas como Legião Urbana, The Beatles, Elvis Presley... só que não tiveram aqueeele marco na minha vida, se me entendem

O rock pesado entrou e saiu bem rápido, achava maneiro, ficava ouvindo alegremente e quando assustei já tinha passado.

Mas seja pesado, clássico, light, o importante é muito rock, muita letra boa, muita reflexão e história.

Fonte: Pinterest

Feliz dia do Rock, babies!

Beijo no coração!!

Atrevimento – Projeto Imagem & Palavra

OlÁ! Atrevimento foi a palavra selecionada no Projeto Imagem & Palavra, do Grupo Interative-se!

Fonte: Urbanarts

Quando a gente lê atrevimento, logo de cara já pensa maliciosamente aquele “hmmm, safadeeenha!”. Mas o significado da palavra vai muito além disso.

Segundo o dicionário Google, atrevimento significa:

substantivo masculino
  1. 1.
    ato corajoso; arrojo, audácia.
  2. 2.
    coragem injustificada; petulância, desdém.

 

E isso me fez pensar em tanta coisa.

Audácia é uma coisa óótima, vamos combinar. Ato corajoso… melhor ainda!

Por falar em coragem, tenho um post contando Meu maior ato de coragem 😉

Ás vezes eu fico pensando como as coisas por aqui seriam melhores se eu fosse mais corajosa, tivesse, então, mais atrevimento.

Fonte: Pinterest

Admito que sou um pouco cagona. Tenho medo de algumas coisas, insegurança e crise de ansiedade. Falta coragem para gritar, arriscar umas doideiras para tentar alcançar algo.

Sabe quando você tem MUITA vontade de alguma coisa, mas é extremamente difícil conseguir e você se conforma dizendo: “tudo bem, não preciso disso.”?

A grande verdade é que precisando ou não, é algo que queremos muito. Como dizem por aí: não vai fazer mal pra ninguém! Pois, bem: o que custa? Por que não?

Sinceramente, essa coisa de que não-preciso-disso é mais uma desculpinha para dar um passo a frente. E falo isso para mim mesma rs.

Pinterest

O medo é natural, até mesmo saudável, pois nos impede de certas insanidades. Só que quando ele começa a impedir nossa felicidade já é outra coisa e precisa ser mandado pro outro lado do mundo.

O atrevimento é a mesma coisa: se demais faz mal, mas se ponderado é saudável e nos leva a crescer, a realizar sonhos.

 Fico pensando em chegar uma certa idade remoendo o porque-não-fiz-isso? E é o me dá gás para ser atrevida e louca e correr atrás do meu sonho.

O grande segredo é se perguntar:

1 – Por que eu quero isso?

2 – É realmente importante?

3 – Vai fazer mal pra mim?

4 – Vai fazer mal pra alguém?

Se for importante, não for fazer mal a ninguém, então tente! Vai em frente! Se não conseguir, pelo menos tentou 😉

Mas, falando em atrevimento, o quão atrevido você é? Conta pra mim e vamos conversar e dar forças uns aos outros.

Que realizemos nossos sonhos!

Beijo grande no coração!

 

imagem e palavra

 

 

Hábitos de leitura (vídeo no canal!!)

Olá, amigos!Hoje é domingo, dia de vídeo no canal. Hoje é dia de falar do meus Hábitos de leitura!

Fonte: Pinterest

Vi essa TAG faz um tempinho, mas nunca fiz não sei porque. A encontrei essa semana num blog maravilhoso: o Perguntas para TAG. É aquele blog que a gente recorre quando dá aquele bloqueio criativo (recomendo).

Todo mundo tem seus hábitos de leitura, não tem? Compartilho os meus aqui, mas quero saber os seus também 😉

Afinal, seja em pé, deitada, de cabeça pra baixo, de dia, a noite… o importante é ler. E ler muuuuuuuuuito!

Anyway, vamos ao vídeo:

 

Curtiram? Vamos compartilhar nossos hábitos literários!

E por falar em hábitos de leitura, tenho um vídeo do ano passado com um conteúdo semelhante: Ou isso ou aquilo

Um beijo no coração de cada um de vocês!

Peter Pan – Edição Comentada e Ilustrada

Olá amigos! Ganhei Peter Pan – Edição comentada e ilustrada de niver de um casal de amigos que muito amo (obrigada Carine e Renato!).

Assim que abri a caixinha fiquei tipo louca, achei lindo DEMAIS da conta. Até fiz stories no Instagram 😉

Imagina só, Peter Pan é uma daquelas histórias clássicas que todo mundo ama, não adianta negar. E essa edição veio um tanto quanto especial. Querem ver?

peter pan 007
Tudo começa pela própria capa: Simples e impactante. E de capa dura (nem amo!)

Logo de início, somos surpreendidos com uma folha laranja lindérrima, antes de virar para as informações da obra.

peter pan 010

Achei o máximo a apresentação da obra.  Flávia Lins e Silva, autora infantil e roteirista, fez uma breve biografia de JM Barrie. Para cada detalhe, ela cita exemplos da própria obra. É fantástico descobrir como ele pensou em cada detalhe para história, como a caracterização dos personagens.

peter pan 012

“A caracterização que Barrie faz de cada personagem é riquíssima em detalhes. Nenhum deles é banal ou sem características originais” (Flávia Lins, na apresentação da obra)

Flávia faz análise psicológica de Peter Pan, inclusive a respeito de sua sexualidade, cita até Freud.

Eu sempre adorei vilões (me julguem) e, claro, que não pude deixar de adorar todas as páginas só sobre ele.

Lindas também as páginas sobre a Terra do Nunca, lugar onde a gente sempre quis viver alguma vez na vida (ou até hoje rs), me fez viajar.

E a apresentação encerra contando toda a estrutura do texto, com o esquema casa-longe-casa, que é um afastamento da realidade, do mundo adulto, para que possam enfrentar seus problemas sozinhos.

As ilustrações também não ficam para trás. Gente, que lindas! Todas em preto e branco, todas originais pelo próprio FD Bedford.

peter pan 011

E, por último, a gente se delicia com a cronologia da vida e obra de JM Barrie.

peter pan 013

Acho que já falei, mas falo de novo: que livro LINDO! Fiquei encantada com cada detalhe, as cores, a diagramação, impressão… tudo tão perfeito.

Lembram do post que fiz sobre os 5 livros mais lindos da minha estante ? Se eu tivesse recebido antes cooom certeza entraria na lista.

E a história nem preciso dizer, né? Ainda não tive tempo de ler, li apenas a apresentação, mas estou morrendo de vontade de sentar com calma pra isso. É a típica história que todo mundo conhece, mas nunca leu a original.

E ele termina tipo assim:

peter pan 015

Quem ainda não sabe, estou cursando Letras e quero muito seguir carreira na área de Literatura. Nada mais importante do que conhecer os clássicos, saber a forma como foram escritos, pensados…

Esse livro faz parte da coleção Clássicos da Zahar. Com certeza irei querer os outros.

Um beijo grande no coração de cada um de vocês!

 

 

Crônica do mês: O verdadeiro assassino

Olá! O Verdadeiro assassino, de Paula Pimenta,retirada do livro “Apaixonada por Palavras”, foi a crônica escolhida, ao acaso, para o mês de Julho.

Paulinha inicia a narrativa com noticiários a respeito de cachorros que mataram uma criança e outro cachorrinho. Isso a faz relembrar de sua infância, quando ganhou um cachorro dito feroz, porém era um doce.

Bem, aí realmente fica a pergunta: “Quem é o verdadeiro assassino”?

o verdadeiro assassino

Quantas vezes ouvimos histórias de animais que mataram alguém, que o cachorro tal é mau, é feroz, não pode ser domesticado?

Quem me conhece sabe o amor por cachorros. São animais tão doces, amigos, divertidos… como pode um ser tão puro ser tão cruel? Bem, a verdade, e Paula Pimenta colocou muito bem, o animal é um reflexo do dono. Eles se comportam de acordo como são criados.

Se você cria um bichinho com amor, carinho e cuidados, ele com certeza vai retribuir, com calma e alegria. Brincar com as visitas, pedir carinho ou talvez até ignorar. Quem sabe se achar o dono da casa, né?

Fonte: Pinterest

Agora, se você cria seu animalzinho com agressividade, preso na casinha, amarrado numa corrente, sem dar amor e cuidados necessários, não tente soltá-lo para ver o que acontece. A resposta vai ser negativa. Pode judiar inclusive de você.

Não por ser malvado, vingativo. Não, animais são puros por natureza, mas agem por instinto. Eles precisam gastar energia parada, como uma raiva contida e não sabe bem como lidar com isso. Atacam pessoas sem compreender, agem por defesa própria, não conhecem carinho, acreditam que seres humanos são seres cruéis e precisam desaparecer.

Bem, eles estão certos, sem generalizações, claro. Humanos são realmente cruéis. Agem por instinto, mesmo tendo condições de raciocinar. Não sabem cuidar de animais, mas insistem em mantê-los em sua casa. Aliás. muitas das vezes não sabem nem cuidar de seus semelhantes.

Sim, o verdadeiro assassino é o ser humano, é quem de fato cria o animal para agir cruelmente, como reflexo de sua crueldade.

Fonte: Pinterest

Acho que precisamos muito aprender com os animais.

Já dizia no livro Marley e Eu: “…dê o seu coração a ele e ele te dará o dele…”

Cachorros não são assassinos, são seres lindos, doces. O verdadeiro assassino é sim o próprio dono.

Paulinha, essa crônica mexeu com meu ponto fraco rs.

Adorei de verdade, ótima reflexão, com um toque a mais 😉

Beijo no coração!

Ps.: Todo mês seleciono uma crônica e resenho aqui. Quer conhecer as outras, só clicar aqui: Crônica do mês

A menor mulher do mundo | Projeto Clarice-se

Olá! A menor mulher do mundo foi o conto escolhido para o mês de Junho (tá, eu sei que já é Julho, mas tive uns contratempos aqui, sorry) para o Projeto Clarice-se!

Só tenho 3 letras para esse conto: UAU!

Fonte: Pinterest

Sério, que história profunda. Relativamente pequeno (três páginas no Word) porém longo de ser lido. Sabe quando você pára para reler e fica divagando sobre o que leu? É bem isso. Instigante. Vale a pena.

O conto narra a história de um explorador francês que, ao fazer uma expedição na África, topa com uma tribo de pigmeus. E lá conhece a menor mulher do mundo. Fica abobado. Ela ainda por cima estava grávida! A chama de Pequena Flor e a fotografa para o jornal. O conto segue com as famílias lendo-o em suas casas e comentando (cada comentário!). Ao final, o explorador é surpreendido com uma risada da moça e Clarice nos encanta narrando todo o interior de Pequena Flor.

Ficou curioso? Encontrei o conto aqui: E-disciplinas

A menor mulher do mundo me fez pensar em uma série de fatores:

1 – A hipocrisia

Aliás, Clarice aborda muito esse assunto, chega até a dar uma vergonhazinha interna, do tipo: Quem nunca? Quantas vezes olhamos um noticiário, nos apiedamos, lamentamos o ocorrido e voltamos pra o nosso mundo? Sem contar que costumamos procurar esquecer o que vimos.

2 – Esquecer que os outros têm sentimentos

Também uma forma de hipocrisia. Ver o outro, diferente de nós, achar “bonitinho” e tratar como se fosse um objeto. Temos uma mania de fazer isso com crianças, bebês. Imagina com a menor mulher do mundo? Achar que é um brinquedo, coisa fofa, como se não fosse um ser humano como nós, algo muito bem mencionado no final do conto.

3 – Desigualdade social

Acho que nem precisava comentar, né? Enquanto Pequena Flor lutava para sobreviver, pessoas em suas casas se deliciavam em um domingo em família, lendo seu jornal, pensando na roupa nova que precisava comprar para o filho. Outra forma de hipocrisia? Talvez.

4 – Temos pena de que?

Esse é um assunto que tenho me perguntado muito. Sentimos pena de pessoas que levam uma vida diferente. São pobres, não tiveram acesso ao estudo, vivem um lugar precário. Mas mesmo assim, de que temos pena? Da vida menos favorecida ou do sofrimento? Às vezes vejo que eles são tão felizes (ou talvez até mais) que a gente. Clarice foi tão certa ao mencionar o que era felicidade para a tribo!

O que é felicidade para nós? Ter um carro, uma casa, bom emprego… Enquanto para o outro só o fato de estar vivo já o faz feliz. Pequenos gestos são grandes. Por vezes tem muito mais amor que nós. Isso porque aprenderam a não exigir mais da vida, a aproveitar o que ela tem de melhor.

Acho que precisamos aprender com eles.

Obrigada mais uma vez, Clarice!

 

Todo mês resenho um conto de Clarice Lispetor, quer ler os outros? Só entrar no link: Clarice-se

Beijo no coração!!