Crônica do mês: O verdadeiro assassino

Olá! O Verdadeiro assassino, de Paula Pimenta,retirada do livro “Apaixonada por Palavras”, foi a crônica escolhida, ao acaso, para o mês de Julho.

Paulinha inicia a narrativa com noticiários a respeito de cachorros que mataram uma criança e outro cachorrinho. Isso a faz relembrar de sua infância, quando ganhou um cachorro dito feroz, porém era um doce.

Bem, aí realmente fica a pergunta: “Quem é o verdadeiro assassino”?

o verdadeiro assassino

Quantas vezes ouvimos histórias de animais que mataram alguém, que o cachorro tal é mau, é feroz, não pode ser domesticado?

Quem me conhece sabe o amor por cachorros. São animais tão doces, amigos, divertidos… como pode um ser tão puro ser tão cruel? Bem, a verdade, e Paula Pimenta colocou muito bem, o animal é um reflexo do dono. Eles se comportam de acordo como são criados.

Se você cria um bichinho com amor, carinho e cuidados, ele com certeza vai retribuir, com calma e alegria. Brincar com as visitas, pedir carinho ou talvez até ignorar. Quem sabe se achar o dono da casa, né?

Fonte: Pinterest

Agora, se você cria seu animalzinho com agressividade, preso na casinha, amarrado numa corrente, sem dar amor e cuidados necessários, não tente soltá-lo para ver o que acontece. A resposta vai ser negativa. Pode judiar inclusive de você.

Não por ser malvado, vingativo. Não, animais são puros por natureza, mas agem por instinto. Eles precisam gastar energia parada, como uma raiva contida e não sabe bem como lidar com isso. Atacam pessoas sem compreender, agem por defesa própria, não conhecem carinho, acreditam que seres humanos são seres cruéis e precisam desaparecer.

Bem, eles estão certos, sem generalizações, claro. Humanos são realmente cruéis. Agem por instinto, mesmo tendo condições de raciocinar. Não sabem cuidar de animais, mas insistem em mantê-los em sua casa. Aliás. muitas das vezes não sabem nem cuidar de seus semelhantes.

Sim, o verdadeiro assassino é o ser humano, é quem de fato cria o animal para agir cruelmente, como reflexo de sua crueldade.

Fonte: Pinterest

Acho que precisamos muito aprender com os animais.

Já dizia no livro Marley e Eu: “…dê o seu coração a ele e ele te dará o dele…”

Cachorros não são assassinos, são seres lindos, doces. O verdadeiro assassino é sim o próprio dono.

Paulinha, essa crônica mexeu com meu ponto fraco rs.

Adorei de verdade, ótima reflexão, com um toque a mais 😉

Beijo no coração!

Ps.: Todo mês seleciono uma crônica e resenho aqui. Quer conhecer as outras, só clicar aqui: Crônica do mês
Facebook Comments

Deixe uma resposta