Um apólogo – Machado de Assis

OlÁ Vamos conversar sobre o conto Um Apólogo, do célebre Machado de Assis?

Um apólogo, Machado de Assis, Editora DCL

Um Apólogo conta a história de uma linha e a agulha, em meio a uma costura de um vestido para uma festa importante. A linha, soberba, se achava, afinal de contas quem ia para a festa era ela. Enquanto a agulha só servia para abrir o caminho. No final (na parte boa), voltava para caixa e lá ficava, e não curtia os prazeres da vida.

Leia o texto completo aqui: Um apólogo

Alguma semelhança do conto com a vida? HEHE

Machado de Assis não foi quem foi a toa. Em um pequeno conto ele resumiu TANTA coisa. Afinal, quantas linhas e agulhas não vemos por aí?

 

Li Um Apólogo tanto na escola quanto na faculdade. Para quem não me conhece, sou Pedagoga. Analisamos esse texto para associar com a trajetória de um professor. Afinal, ele é a agulha, que abre caminhos para seus alunos (as linhas), que vão crescer (ou não) e ganhar o mundo.

Só que vale a pena lembrar que a linha só teve condições de estar no vestido porque um dia existiu a agulha, que a guiou pelo vestido todo. E assim somos nós, alunos e ex alunos: precisamos, não apenas de um professor, mas de pessoas que nos guiem e nos indicam o caminho da festa.



Machado de Assis, grande gênio da Literatura Brasileira

Quando reli Um Apólogo recentemente, fiquei pensando em quando podemos ser essa linha, que, quando conquistamos algo, nos esquecemos de quem nos ensinou, das pessoas que passaram por nossa vida e que dela fizeram parte.

E quantas vezes não somos agulhas? Ajudamos alguém, guiamos para conquistar um sonho e nós mesmos continuamos na caixinha?

Eu acho que sou um pouco de cada. Aliás, todos somos um pouco linha e agulha. Um ajuda o outro, ninguém cresce sozinho.

Imagem retirada do Google Imagens

A parte triste é que às vezes a gente parece se esquecer i fica tipo a linha: chata, arrogante, metida a besta. Nada a ver. O legal é ter gratidão!!

E por falar em gratidão, tenho um post beeem fofíneo aqui: Feliz dia da Gratidão!!!

Mas e você, já conhecia o conto Um Apólogo? Machado de Assis era ou não era perfeito? Aliás, É, porque ele é eterno.

E você tem sido linha ou agulha ultimamente? Legal pensar, né?

Beijo grande no coração!!!






Facebook Comments

Deixe uma resposta