7 meses de livro

Olá amigos!Dá para acreditar que meu livro completou 7 meses de existência? Siiiiiiim 🙂

7 meses

Sinceramente, para mim parece que faz 7 anos, 70, 700… parece que passei a vida toda com ele. Coisa mais maravilhosa é descobrir o que ama, ser apaixonada no que faz e poder seguir em frente com um sonho.

Fácil não é, muita luta, correria, investimento… mas o resultado chega, a alegria e a satisfação de que seu trabalho ficou bom, os comentários positivos dos leitores… Nada mais gostoso do que ouvir alguém elogiando o livro, dizendo o que sentiu, o quanto gostou, xingando personagens (HAHA).

Parece pouco, mas quando paro pra fazer o balanço vejo como consegui vender, como tive retorno positivo, críticas construtivas e palavras amigas.

Isso tudo me faz crer que o trabalho valeu a pena, que todo o esforço está tendo um retorno e me faz muito feliz!!

Obrigada a todos que estão acompanhando, um beijo enorme aos meus leitores, e aos futuros, que, aliás, estão perdendo, o livro é lindo, foi escrito com carinho <3

E um beijo enorme no coração de cada um, em breve mais novidades, só aguardar hehe. E quem tiver interesse em adquirir o seu exemplar, só falar comigo, tenho certeza de que vai amar a história, rs.

Fui 😀

6 meses de livro ‘A Bailarina e o Atleta’

Olááá todo mundo! Hoje é dia festa \o/ Meu primeiro livro ‘A Bailarina e o Atleta’ está comemorando 6 meses de existência.

a-bailarina-e-o-atleta-2

Fico muito feliz em ver que meu sonho tão esperado hoje é real, está nas minhas mãos, nas mãos de pessoas amigas, passeando pelo Brasil dentro de um envelope.

E ainda tenho muito chão para andar. Ainda tenho sessões de autógrafos para fazer e muuuito livro para vender. Mas a alegria do começo está aqui.

Vejo claramente o que todos dizem: a alegria está na luta! Acho que não teria a menos graça se tivesse sendo tudo fácil. Poder correr atrás, conquistar leitores por mérito próprio e receber amigos de presente. Sim, porque uma vez leitor sempre amigo.

Escrever ‘A Bailarina e o Atleta’ foi mais do que realizar um sonho: foi viver um! Entrar nesse universo fascinante chamado Literatura e ter a certeza absoluta de que vim ao mundo para isso.

Como amo poder contar histórias, fazer as pessoas mais felizes, mostrar aos jovens esse mundo lindo, que pode ser melhor ainda, só depende de nós mesmos.

Muita gente me pergunta sobre o tema do livro, do que fala e bem, é sim uma história pensada para adolescentes, mas escrita para todas as idades. Afinal, a história fala sobre amizade, perdão e livramento de mágoas. Tiro o chapéu para quem nunca viveu uma sofrência na vida, em qualquer idade.

Mas se quer saber maiores informações o link para a resenha do livro no site da Autografia está aqui: http://www.autografia.com.br/loja/a-bailarina-e-o-atleta/detalhes

E para os amigos que queiram comprar, podem encomendar na editora ou entrar em contato comigo (na minha mão é mais barato HAHAHA).

Tenho certeza que vocês vão gostar, ele ficou muito lindo 🙂

Bem, só posso dizer que parece que foi ontem que postei contando a grande novidade: http://cariocadointerior.com.br/index.php/2016/05/20/meu-primeiro-livro/

Enfim, chega de papo que hoje é dia de celebrar \o/

a-bailarina-e-o-atleta-1

Parabéns pra você, nesta data querida…

a-bailarina-e-o-atleta-3

Muitas felicidades, muitos anos de vidaaaa!!!

Um grande OBRIGADA a todos vocês que estão comigo me apoiando nesse momento tão lindo e importante da minha vida 🙂

Beijo grande no coração floooores!

 

 

 

 

Expectativas Bienal do Livro SP | BEDA #25

Oláá meus amigos!! Amanhã é o dia privilegiado em que vou a Bienal do Livro em SP \o/

slider_01-pt

É engraçadasso falar porque eu não ia esse ano, estava, inclusive, muuuito chateada com o fato, afinal desde 2009 que eu vou direto, seja no RJ ou em SP. A verdade é que com a crise não permitiu muita gente a ir e não consegui van para ir, estava tudo MUITO caro. Mas enfim, ontem meu pai avisou que provavelmente poderia me levar amanhã e hoje confirmou que sim. Correrias para arrumar tudo aqui e UEBA!!

Bem, estou muito ansiosa pois será minha primeira Bienal como escritora. Embora não tenha tido condições de reservar um espaço na Editora (falta de money) minha visão vai ser outra. Estou mega curiosa para saber como será olhar para feira com olhos de escritora.

Com certeza irei conhecer finalmente minha amiga blogueira BIANCA, do blog digavando.com. Essa parte vai ser a melhor, espero que a gente consiga se encontrar lá, nem que seja um pouquinho 🙂

Infelizmente não poderei comprar muitos livros como de costume, mas isso não é tão importante assim. Os autores que queria conhecer não estarão por lá. Pra ser sincera a maioria vai estar no meio da semana e essa parte foi a mais triste. Não sei se irei pegar autógrafo com alguém, mas vou tentar, pois adoro essa parte.

Sim, vou fazer vlog. Eita micos HAHA

Bem, agora preciso ir dormir porque amanhã será um longo dia \o/

Beijos para todos

FUI

beda

Feliz dia do escritor

wri

Uns anos atrás fiquei sabendo da existência do dia de hoje: DIA DO ESCRITOR!! Fiquei pensando como seria o dia que poderia comemorá-lo: enfim, ele chegou!! Hehe. Sem festas e balões, comilanças e tunti-tuntis, mas com uma satisfação enorme de saber que esse ano comemoro meu primeiro dia do escritor oficialmente como escritora. Lembro que ano passado eu viajei nesse dia e conversando com minha mãe via zap (eu no aeroporto e ela em casa) rimos que estava comemorando meu dia, afinal, já tinha escrito um livro, só não havia publicado.

Dia 21/07 fez dois meses que publiquei meu primeiro livro. Nesses meses como escritora tudo que ganhei foi enorme aprendizado, carinho dos amigos, abraços sinceros, novas amizades e a certeza de que estou fazendo o que nasci para fazer: escrever!!

Ser escritora é colocar um sentimento no papel e passar adiante. É divulgar uma mensagem, fazer o leitor pensar, sentir, refletir.É mexer com as emoções e ajudar o outro a se conhecer, se encontrar na história e saber que não estar sozinho.

Recebi vários comentários nesses dois meses a respeito do meu livro. De pessoas diferentes, de pensamentos e histórias diferentes e várias idades. É maravilhoso como cada um tem seu ponto de vista, seu sentimento, sua parte preferida e o que menos gostou.

Ouvi  amigos dizerem que voltou no tempo, que riu e chorou com a Gabi. Uma amiga contou que aconteceu com ela o mesmo e ler o livro fez bem por lembrar de uma fase ruim sem sentir dor. Amigas contando todas as reflexões que o livro fez ter.

É muita felicidade saber de que alguma forma estamos contribuindo para o mundo. Ser escritora é transmitir em histórias alguma mensagem positiva para o mundo. Junto disso uma grande responsabilidade. A cada escrita mil perguntas: O que de bom eu estou passando para as pessoas? Que mensagem eu estou deixando para o mundo? Como posso mudar o sentimento de alguém? O que as pessoas podem tirar de bom nesse livro?

Não tem graça escrever um livro se ele não deixar nada de bom para o leitor. Desejo que meus livros ajudem muitos jovens de alguma forma.

Comemoro meu dia de hoje escrevendo hehe!! Estou fazendo o que mais amo na vida… Amo ser escritora!

Um feliz dia do escritor pra todos vocês que escrevem, que distribuem amor através de histórias, de palavras. Como dizem por aí:

Isso muda o mundo!!

Abraços cheios de felicidade 🙂

 

 

Em um relacionamento sério comigo mesma

Mês de Junho, mês dos namorados, todo mundo em um relacionamento sério, no só love e eu aqui sozinha.

HAHA, sozinha, não: solteira!!!!

Fonte: Pinterest

Bons anos atrás eu era uma tristeza só: todo mundo namorando, feliz e apaixonado, fazendo cartinhas e dedicatória para os amores e eu ficava olhando. Tive amores mal amados, paixões não correspondidas, coração partido e relacionamento que insisti mas não foi pra frente, não tinha jeito, o que não é para ser não vai ser e ponto final.

Muitos me perguntavam: vocês está procurando? Minha vontade era de gritar: SIIIIM, mas não acho. O que mais me doía. Quem já leu a saga Crepúsculo? Lembram de um capítulo que o Jacob ficava andando pelas ruas em busca de um imprint? Era desse jeito que eu era. Onde ia olhava para todos os lados procurando um namorado. Todos os garotos que via pensava se um deles seria minha alma gêmea.

Resultado? continuei solteira rs!! Chorava e me sentia o pior ser humano do mundo. Ficava me perguntando o que tinha de errado em mim que ninguém me queria.

Mas uma coisa eu não percebia: quanto mais eu procurava, mais eu conversava, mais conhecia gente e, por incrível que pareça, menos amigos eu fazia. Deixava um monte de coisas para trás porque achava que podia estar perdendo alguma oportunidade.

Tudo mudou quando comecei a viajar com as amigas, a sair, malhar e resolver escrever meu livro. Comecei a trabalhar e conheci MUITA gente. Muitas histórias de amores verdadeiramente mal amados, não apenas  de corações partidos como vidas partidas, dívidas, noites mal dormidas e uma série de problemas. Relacionamentos sérios só no papel.

Os casais só love começaram a diminuir ao meu redor e os casais só fight apareceram. Ouvi muita gente dizer que eu devia ser feliz e aproveitar de verdade minha vida. Ouvi histórias absurdamente tristes de mulheres que sofreram horrores com seus maridos, que tiveram a autoestima no chão e ficou bem claro pra mim que contos de fadas não existiam. Ainda conheço muuuuitos casais felizes e sou feliz junto com eles.

Mais tarde conheci outras solteiras e percebi que isso é a coisa mais natural do mundo. Devagar fui deixando de procurar um namorado, fui seguindo minha rotina, conhecendo um bando de gente nova, fazendo grandes amizades, muitas viagens e deixando minha autoestima crescer gigantescamente, o que faz minha mãe às vezes me chamar de narcisista HAHA!!!

Sou independente, faço minhas escolhas, tenho uma rotina que amo, compro o que gosto, viajo quando posso (queria muito dizer quando quero), tenho uma coleção de amigos maravilhosos, uma família linda, uma cachorra perfeita e não, não sinto falta de um namorado. Minha felicidade é interna e não depende de ninguém. Há pessoas que casam e outras que não, isso faz parte da vida.

Estou vivendo meu sonho de ser escritora, isso me satisfaz e me faz ser inteira, completa. Minha paixão é estar no meio das pessoas, poder desbravar o mundo. E é isso que estou vivendo. Publiquei meu primeiro livro <3

Se por acaso aparecer um rapaz que valha a pena e que eu ame e seja correspondida e, claro, aceite e acompanhe minha carreira, que ótimo, será muito bem vindo. Se não, ótimo, sou completa. Sou feliz. Estou em um relacionamento sério comigo mesma 🙂

Obrigada!

De nada!

12191717_10207450342518984_5470877887559865017_n

FLIR – Feira do livro em Resende/RJ

13413554_878213575624062_7768831901446384315_n

Olá galera!!! Rolou na semana passada, do dia 09/06 a 12/06 a II FLIR, a Feira do livro em Resende. Soube que iria acontecer uma semana depois de lançar meu livro então deixei pra lá, meio tristinha, mas entendi que era assim mesmo. Mas como as coisas acontecem do jeitinho que tem que ser, me orientaram a enviar um email para os organizadores, explicar tudinho e perguntar a possibilidade. A resposta veio de imediato: SIIIIM!! Havia uma vaga em um espaço na quinta-feira, dia 09. E o melhor: era gratuito 🙂

Tudo arrumadinho, lá estava eu dia 09, saí do trabalho e fui com minha mamis. Livros na mala, cartõezinhos de visita feitos, passei na administração, como havia sido orientada pela organizadora-mega-fofa-e-simpática Amanda. Ajeitei no cantinho e em menos de um minuto já tinha feito amizade com os outros escritores que estavam lá. Trocamos informações, vimos os livros uns dos outros e nos desejamos boa sorte.

Sentei e logo em seguida levantei. Lóóógico que não ia aguentar ficar sentada. Em pouco tempo já estava parando algumas pessoas que passavam, oferecendo meu livro, um pouco sem saber o que seria, mas tudo bem. Até passar uma menininha fofa com seu pai e comprar um. Animei. Chegou gente conhecida e comprou. E o resto da tarde seguiu assim, mais divulgando do que vendendo. Deu a hora de ir embora, mas os escritores seguintes nos deixaram continuar, afinal, não tinha ninguém sentado mesmo rs. Quando resolvi ir embora, fui convidada para voltar no sábado!

E sábado, dia 11/06, seguiu assim também. Voltei com meu papis. Tivemos a ilustre presença da Thalita Rebouças, minha escritora preferida, e ficou cheio de gente linda. Vi um escritora divulgando o livro dela na fila para pegar a senha da Thalita, prestei atenção e fiz o mesmo \o/ Divulguei muito mais, fiz mais cartões de visita, conheci muita gente simpática, escritores super legais, vendi alguns e descobri um lado em mim que não conhecia antes: o lado cara de pau. A melhor parte foi ver a Thalita como escritora e ter a oportunidade de presenteá-la com meu livro. Uma conversa rápida e super animada.

A feira foi extremamente positiva para mim, para meu trabalho. Devagar fui me soltando, perdendo o medo de falar sobre o livro, de me expor. A certeza de que meu trabalho é bom ficou bem firme em minha cabeça e meu coração. Afinal, se eu não gostar dele quem mais vai gostar? Coisas que aprendi com a Thalita, e fiz questão de agradecer <3

Só posso agradecer a Deus pelo dom, pela oportunidade. Aos meus pais pelo apoio gigante e aos meus amigos, atuais leitores, que me dão força.

Beijinhos de chocolate

Vlog – Lançamento do meu livro

Então pessoas lindas do meu core, vídeo prometido, vídeo feito 🙂 Assistam, curtam e sintam um pouquinho da minha emoção ao organizar essa manhã tão prazerosa.

Demorou um pouquinho por razões particulares e questões com a câmera, pois ainda estou aprendendo a utilizá-la para vídeo. Se alguém que estiver lendo tiver maiores conhecimentos em filmagens e Canon aceito com carinho dicas.

Enfim, deixa de blablabla, vamos aos vídeo

 

beijinhos ;*

Meu primeiro livro

capa

Ainda é difícil definir o sentimento de estar publicando finalmente meu primeiro livro. Foram 5 anos de escreve, para, escreve, trava, mas nunca desisti, apenas adiei. A grande satisfação é a de saber que foi tudo conforme planejei, o final saiu do jeitinho que queria e minha maior felicidade é saber que de alguma forma consegui passar uma mensagem positiva para as pessoas.

A obra é infantojuvenil, mas todos podem ler, afinal todo mundo tem uma juventude guardada dentro de si.

O processo foi trabalhoso, achar uma editora que aceitasse e apostasse no meu trabalho não foi simples (embora tenha achado rápido, achei que levaria mais de um ano), o processo de diagramação demanda tempo, trabalho e esforço. Mas o importante é que ele ficou lindo, a Editora Autografia fez um trabalho maravilhoso.

Amanhã é o lançamento, os preparativos estão a todo vapor aqui em casa e só tenha que agradecer a todos que, de alguma forma, me ajudaram e torceram comigo para que esse sonho pudesse se tornar real.

Marco agora o início de uma nova carreira. Muitos livros virão depois desse, com certeza 🙂

Tentei expressar no vídeo abaixo toda a alegria e minha experiência de escritora de primeira viagem. Com certeza ainda falarei mais sobre a carreira, compartilhando experiências e momentos.

Grande abraço e fiquem com o vídeo: