O Anjo da Morte – Pedro Bandeira

Olá! E hoje tem resenha, do livro Anjo da Morte, do maravilhoso Pedro Bandeira!!

Anjo da Morte Pedro Bandeira
Anjo da Morte – Pedro Bandeira

Como sempre Pedro Bandeira nos surpreende com as aventuras dos Karas:

Em Anjo da Morte, os meninos tentam solucionar o assassinato do Ator judeu Solomon Friedman, amigo e professor do Kara Calu. Durante a busca, eles deparam com nazistas e enfrentam um grande perigo. O final é surpreendente.

O livro faz uma viagem à era do nazismo, nos fazendo refletir sobre esta época tão sofrida para os judeus. Nos faz perceber como existe gente tão maldosa neste mundo, e se indignar com estas atitudes. Nos faz sentir vontade de gritar e lutar pela paz no mundo.

Mas em meio a tantas indignações, nos mostra a beleza da amizade, do trabalho em equipe, da dedicação e do amor ao próximo.

 

Anjo da Morte faz parte da série Os Karas, de Pedro Bandeira. Conheça mais aqui: Série os Karas – Blog Saraiva!

E, como em todos os livros da serie, Anjo da Mortenos faz lembrar da força que os jovens tem, da vontade de gritar por justiça, de protestar, de falar que não concorda. Característcas estas naturais dos jovens que, infelizmente está meio confusa.

Claro que não digo que todos tem que correr atras de assassinos, nazistas, loucos e colocar a vida em risco para desvendar um mistério, um assassinato, HAHA



inicio anjo da morte pedro bandeira
O que está escrito aqui? Bem, só lendo para descobrir MUAHAHA

Mas sim em não aceitar tudo o que lhe é dado, estudar mais, procurar saber a origem das coisas, reclamar (educadamente) o que não concorda, debater suas idéias, não usar produtos de marcas que destroem a natureza, que manipulam a mente… Ah!… Serem menos materialistas.

Fora que, em Anjo da Morte, Pedro Bandeira também nos mostra algumas curiosidades sobre o período nazista e sobre o teatro. Eu que já fiz curso na adolescência fiquei maravilhada em saber algumas coisinhas. Como, por exemplo, porque, antes de uma apresentação, os atores desejam m*rda uns para os outros.

Sinopse Anjo da Morte Pedro Bandeira

Enfim. Vale a pena ler o Anjo da Morte. Tenho a coleção toda, mas ainda espero oportunidade de ler todos.

E também aguardo o maravilhoso dia em que eles resolvam fazer um filme dos Karas.

 

E Pedro bandeira é UM FOFO né minha gente? Um vovôzinho muito simpático e moderno. Tive o prazer de conhecê-lo já em três bienais. Tenho até o registro no vlog: Vlog Bienal do livro RJ – 2017!

E você, já leu algum dos livros da série?

Beijo no coração!!!






Minha vida (não tão) perfeita – Sophie Kinsella

Oláá!! Quem já leu Minha vida (não tão) perfeita de Sophie Kinsella?

Minha vida (não tão) perfeita Sophie Kinsella
Minha vida (não tão) perfeita – Sophie Kinsella – Editora Record

Minha vida (não tão) perfeita conta a história de Katie (ou Cat, como ela gostava de ser chamada), uma jovem recém-formada, nascida e crescida no interior que sonhava com uma vida fabulosa em Londres.

Para todos, ela havia conseguido. No Instagram era só foto arrasadora. Só que não era bem assim na realidade. Ela trabalhava como estagiária em uma agência de publicidade, ganhava pouco e mal tinha dinheiro para uma social com as colegas. Aliás, mal tinha amigos.

Se inspirava na vida de outras pessoas e sonhava ser como elas, principalmente Demeter, sua chefe que tem a vida perfeita. Fazia mil malabarismos para ser reconhecida e progredir.

Bem, até que foi demitida e, sem saber o que fazer, acabou voltando, contra sua vontade, para sua terra natal, na tentativa de ajudar seu pai e madrasta a administrar a grande novidade da fazenda de seu pai: um glamping!

Só que seu sonho de uma vida glamourosa ainda existia e ela continuava correndo atrás. Até porque, para todos ela não estava demitida. Até que, bem… não contarei mais HEHE!!

Minha vida (não tão) perfeita, como todo e qualquer livro de Sophie Kinsella, é cheio de personagens únicas, hilárias e uma caixinha de surpresa.

Katie é como qualquer uma de nós: sonhadora!! Sonha com uma vida de glamour, que a gente sabe, lá no fundinho, que nunca é bem assim. Posta fotos no Instagram de lugares em que ela só pode passar na porta, mas que, para todos os efeitos, ela foi mesmo.

Minha vida (não tão) perfeita Sophie Kinsella (2)
Sinopse do livro Minha vida (não tão) perfeita!!

Em meio a trama a gente ri e se descobre. Senti muita empatia com a Katie, em quase todos os momentos. Quantas vezes a gente não deseja a vida do outro, mesmo sem saber como é na verdade?

O pai dela também nos envolve. Um típico empreendedor que começa um monte de coisa mas não leva nada adiante. Alguma semelhança com nossas vidas? Uma vontade gigantesca de fazer, mas sem saber como.

Demeter, a chefe de Katie, também é uma personagem interessantíssima. Aquela típica chefe que faz um fuzuê no trabalho, na vida dos funcionários, que é altamente competente, que tenta fazer tudo certo mas faz tudo errado. Mas acha que está certa, que está agradando. Vale sempre uma boa reflexão sobre como estamos lidando com o outro.

 


 

Alex também me fascinou. Um cara rico, cheio das oportunidades, autodidata, que não precisou estudar muito, mas sempre cheio das boas ideias e que não tem medo de ousar. Mas que às vezes dá cabeçada rs.

E tem a Sarah… mas só lendo o livro para saber.

Enfim, Minha vida (não tão) perfeita é aquele típico livro para a gente se encontrar no mundo. Principalmente para quem vive no mundo corporativo, dos negócios. Pensar em coisas que já vivemos no trabalho.

E, para quem ainda vai entrar nesse universo, saber que não nada muito glamouroso quanto parece. A vida nas redes sociais é sempre linda. Mas quase nunca é real.

Ninguém sabe o que mora atrás de uma foto no Instagram, por exemplo. E quantas vezes não tentamos viver uma mentira. E como, às vezes, é difícil assumir para nós mesmos quem somos de verdade.

E fora que Minha vida (não tão) perfeita arranca várias gargalhadas. Mas aquelas beeeeem altas mesmo. É Sophie, né gente. É comédia pura.

Mas me digam, quem curte Sophie Kinsella? Já leu Minha vida (não tão) perfeita? Se não, sugiro que sim.

E prepare-se para risadas, mas muuuitas mesmo. E grande emoções!!

Beijo grande no coração!!