Leilão de Jardim – Cecília Meireles

Olá! Leilão de Jardim, de Cecília Meirelles, foi a poesia escolhida para o mês de Setembro!

leilao de jardim botanico rj
Foto minha, no Jardim Botânico RJ

O motivo é mais que óbvio, ne? Setembro é mês das flores, da Primavera, cheio de belezas e poesia.

Por falar em flores, quem já viu meu último post fotográfico? Clica aqui para ver as fotos de Setembro: Flores! Projeto Fotográfico Setembro!!

Eu realmente consigo sentir a beleza da Primavera no poema. A cada detalhe, uma imaginação. Bichinhos de jardim por toda a parte, sol gostoso brilhando lá em cima e dá até para ver as cores.

Amo muito flores e a Primavera. Quem me acompanha no Instagram já deve ter percebido, de tanta foto florida que tem por lá rs. Se ainda não me segue, só dar uma clicadinha aqui: @cariocadointerior <3

Declamar esse poema é sentir a alegria, a beleza da vida na natureza, em sua forma mais simples e sublime. Do tipo que você não precisa de mais nada para ser feliz. E tem que declamar bem alto, com um sorrisão nos lábios, espalhando alegria para todos os lados.

Olha ele aqui:


Leilão de Jardim

Quem me compra um jardim com flores?
borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis
nos ninhos?

Quem me compra este caracol?
Quem me compra um raio de sol?
Um lagarto entre o muro e a hera,
uma estátua da Primavera?

Quem me compra este formigueiro?
E este sapo, que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?
E o grilinho dentro do chão?

(Este é meu leilão!)

Cecília Meireles

Leilão de Jardim é um poema delicado, divertido e envolvente. Sua musicalidade transmite alegria, paz e vida.

Aaah! E não é para ler apenas, é para declamar, em voz alta, deixa pensarem que é loucura, todo mundo tem a sua rs

Quem já conhecia? Gostaram? Espero que sim.

Cecília Meireles é minha poeta preferida, grande honra poder fazer um post em homenagem a ela.

Fonte: Poemas, poesias e versos

Beijo grande no coração.

E viva a Primavera!!

 

 

Facebook Comments

6 Replies to “Leilão de Jardim – Cecília Meireles”

  1. Gente….acho que sou a reencarnação da Cecilia hahaaa ela me representa demais em cada palavra, é tudo o que sinto gente, tudo o que desejo…
    Tem um poema que ela fala sobre a arvore, os passaros que vê da janela do quarto dela e gente…é só o que quero nessa vida, uma casa com uma arvore e um quintal…
    Que poema lindo..
    Sabe que hoje mesmo pela primeira vez uma joaninha estava lá na minha Lavanda? fiquei feito criança, boba e feliz…amo joaninha e lavanda então né…
    Quando mais nova costumava deixar as joaninhas andarem na minha mão, fazia cócegas as patinhas delas mas tão adoraveis…eu amo quando recebo visita delas.
    Falta as borboletas, já parei de perseguir elas hahaha agora espero elas virem no meu jardim, quem sabe né…
    Lindo poema gente, amo demais Cecilia

    1. Aaah sua linda <3 tb sou meio abobada com a natureza, liga nao rs aaamo quando uma joaninha anda na minha mao, faz cocegas mesmo, é tao gostoso e da sorte. As vezes entra borboletas aqui em casa, e passarinhos tb.
      É muita beleza nesses poemas…
      Bjo grande floooooor

  2. Que delícia de poesia.
    Me lembro até hoje da poesia que fiz inspirada na Cecília ♥
    Cara, que nostalgia gostosa!

    1. Ah que cousa linda! Quero ler sua poesia 😊
      Bjs floooor

  3. Cecília Meirelles tem uns textinhos muito fofos e esse é um dos que mais gosto. Lembro dele dos meus livros de Português do Ensino Fundamental. =)
    E combina perfeitamente com a primavera também, uma estação linda! =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    1. Sim, eu tb li muito boa livros de escola, sempre amei 💜
      Beijos floooor

Deixe uma resposta